Preparar e servir o café

Preparar e servir o café

Como preparar uma chávena de café perfeita!

 

Existem SETE REGRAS simples a observar se desejar preparar sempre uma boa chávena de café:

  1. Utilize grãos acabados de moer, de prerência que não tenham sido torrados há mais de uma semana, o ideal seria há uma hora.
  2. Guarde os grãos num recipiente que vede bem.
  3. Moa os grãos exactamente antes de preparar a infusão.
  4. Use água fresca e fria tirada de uma torneira por onde deixou correr a água durante alguns segundos. Aqueça a água até quase ao ponto de ebulição sem a deixar ferver; não deite água a ferver sobre o café.
  5. Prepare o café d eacordo com as suas preferências - Balão, Filtro, seja o que for - e permita que a infusão se faça no tempo necessário.
  6. Logo que possível, beba o café acabado de preparar.
  7. Não se esqueça de aquecer a chávena ou a caneca antes de servir o café.

 

Preparação do Café

 

Talvez uma das razões porque o hábito de beber o café, e o prazer que ele proporciona, se tenha espalhado tão amplamente por todo o mundo, se deva ao facto de se ajustar a tantas maneiras diversas de preparação, conseguindo satisfazer tantos paladares diferentes. No entanto, o princípio básico é universal e comum a todos os métodos de preparar café: os grãos moídos são infudidos em água quente, com a finalidade de se extrair a substância que lhe dá o aroma e o sabor.

Não existe qualquer método 'melhor' de preparar café. A maneira mais adequada é a que melhor se ajusta a nós, tendo em consideração as nossas próprias conveniências e preferências, assim como o tempo de preparação necessário a cada método. Existe também o elemento indefinível do ritual que envolve a preparação do café. No intervalo de um dia de trabalho fatigante e de grande tensão no escritório, pode ser relaxante arranjar tempo para preparar uma chávena de café realmente boa - apenas para si próprio.

 

Métodos de Preparação

Café Turco

    

Ibrik

O café a que chamamos turco, provavelmente é preparados da mesma maneira que os primeiros bebedores de café usavam para pôr os grãos de infusão. O café moído, o açucar e a água são colocados, por esta ordem, num pequeno recipiente de latão que tem um cabo comprido, a que se dá o nome de Ibriq. Cada chávena deverá levar duas colheres de chá rasas de café, e uma colher de chá de açúcar, por cada de café. Depois de a infusão ter fervido retira-se do lume. À medida que ferve, o líquido sobe até ao gargalo do Ibriq, portanto assegure-se de que não o enche até mesmo ao bordo. A infusão de levantar fervura três vezes antes de ser servida. Tradicionalmente, deve acrescentar-se cardamomo a este género de café. Pode comprar e moer o seu próprio (não use o moínho de café para moer as sementes); precisará de uma semente por cada chávena.

Não se pode deixar de dizer que esta não é uma boa maneira de tratar bom café, mas é uma bebida interessante que possui um sabor muito individual.

Moagem a usar: Grossa

 

Café em Balão

 

O método de preparar café a vácuo foi inventado em 1840 por Robert Napier, engenheiro da marinah escocesa. Consiste num balão de vidro que se enche até meio de água, colocando-se o café no balão superior, posiciona-se o balão acima de uma lamparina com alcóol. Quando a água está prestes a ferver, retira-se a lamparina e o café começa a entrar no balão inferior, através de um sifão existente entre os dois.

Existe um elemento de alquimia que envolve este método, tornando-se numa maneira interessante de preparar café, o qual poderá ser excelente caso tenha o cuidado de não deixar ferver o café. Apesar de não ser um método muito conveniente para o dia-a-dia, é certamente uma forma de impressionar uns amigos no final de um jantar.

Moagem a usar: Média

 

Café de Filtro