História

História

Estávamos em 1977 quando Ângelo Marçal funda a primeira casa. O espírito ambicioso e empreendedor fizeram nascer uma «Casa dos Cafés» com nome de lugar – Portela - «Casa dos Cafés Portela».

O café que antigamente pertencia à Terra, passa agora a pertencer à chávena numa atitude inovadora e de grande visão comercial, de servir café para degustação antes da compra do produto que os clientes iam levar para casa.

Ângelo Marçal relembra: «Ao recordar-me dos primeiros cafés que servi na loja do Centro Comercial da Portela penso em como aquela máquina era pequena e nas chávenas de barro em que servíamos o café».

…E, o que timidamente começou por ser um processo de venda, a pouco e pouco tornou-se no produto principal e o mais procurado – o café à chávena. Mas, embora o café fosse o produto principal, depressa deixou de ser o único, dadas as possibilidades de complementos com outros produtos nomeadamente, os acessórios para o café, os chocolates e os chás num universo completo de sabores e sensações, que é o conceito e o imaginário que ainda hoje são a base do posicionamento da Portela Cafés.

A vontade de crescer levou-nos a abrir outras lojas, sempre num conceito de tradição, mas também com ambição de modernidade e com localizações onde entendíamos que estavam os nossos públicos-alvo: primeiro Moscavide, depois a Graça, para quase de seguida abrirmos uma loja na Gare do Oriente numa zona nova da cidade, em crescimento e para um cliente mais urbano e cosmopolita. Esta foi uma «viragem» estratégica que conferia à marca a confiança e vontade assumida de se dar a conhecer ao «grande público». Este processo de maturidade e notoriedade atinge o expoente máximo com a abertura da Loja no Centro Vasco da Gama, onde, pela primeira vez, estaríamos lado-a-lado com as grandes marcas. Por fim, e mantendo-nos a Oriente abrimos a Loja Portela Cafés no LoureShopping em finais de 2005, estando a ser equacionadas outras aberturas para breve.

A qualidade dos nossos produtos, o equilíbrio entre tradição e modernidade e a personalidade das nossas lojas permitiu-nos conquistar por mérito, um espaço próprio e que conhece hoje um índice de fidelização ímpar por parte dos nossos clientes.

Independentemente do nosso percurso futuro, o nosso compromisso mantém-se: Queremos que os nossos espaços continuem a ser um ponto de encontro para pessoas de classes sociais e culturas diferentes que num espaço desinibido e único procuram desfrutar e saborear um bom café num ambiente de excelência.